• Assimmt

MPMT realiza encontro estadual para debater bullying, suicídio e violência escolar



Será realizado nesta quinta e sexta-feira (08 e 09 de agosto) das 8 às 18 horas, na Sede das Promotorias de Justiça de Cuiabá, o “I Encontro Estadual de Educação do Ministério Público de Mato Grosso: a prevenção do bullying, do suicídio e da violência escolar”. O evento, que tem como público-alvo membros e servidores do MPMT, além de profissionais que atuam na área de educação, é promovido pela Procuradoria Especializada na Defesa da Cidadania, Procuradoria Especializada na Defesa da Infância e Juventude, Centro de Apoio Operacional (CAO) de Educação e Centro de Apoio Operacional (CAO) da Infância e Juventude.

O encontro vai discutir temas envolvendo estudantes e que trazem uma grande preocupação como, por exemplo, o bullying no ambiente escolar. Dados da Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Econômico (OCDE), divulgados em junho deste ano, revelam que o ambiente das escolas brasileiras é duas vezes mais suscetível ao bullying do que a média geral das instituições de ensino em 48 países.

Uma outra pesquisa feita pelo Fundo das Nações Unidas para Infância (Unicef), divulgada em 2017, mostra que o Brasil é o quarto país com maior prática de bullying no mundo. O estudo mostrou que 43% dos estudantes de 11 a 12 anos disseram ter sido vítimas de violência física ou psicológica na escola pelo menos uma vez no mês anterior (2016).

Além do bullying, outro problema grave que será abordado durante o encontro é o suicídio entre jovens. O suicídio aumentou gradativamente no Brasil entre 2000 e 2016: foi de 6.780 para 11.736, uma alta de 73% nesse período. As maiores taxas de crescimento foram registradas entre jovens e idosos, do acordo com o Ministério da Saúde.

No mundo, o suicídio acomete mais de 800 mil pessoas por ano, segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS). É a segunda causa de morte no planeta entre jovens de 15 a 29 anos — a primeira é a violência.Já no Brasil, em 2015 o suicídio foi a quarta causa de morte nessa mesma faixa etária, ficando atrás de violência e acidente de trânsito, segundo dados do Ministério da Saúde.

De acordo com o procurador de Justiça Paulo Prado, titular da Procuradoria Especializada em Defesa da Criança e Adolescente de Mato Grosso, os temas escolhidos para debater durante o encontro fazem parte do dia a dia das famílias, do círculo de amigos, das escolas, do Ministério Público e da sociedade como um todo.

Optamos por debater estes temas porque eles são reais e muito preocupantes. Nós queremos ouvir essas pessoas que trabalham todos os dias com este assunto, queremos escutar professores, assistentes sociais, pedagogos, o pessoal dos CRAS, CREAS, Conselhos Tutelares, Promotores de Justiça para, com a troca destas experiências e vivências, podermos atuar de forma mais precisa e eficaz da defesa dos interesses da criança e do adolescente”, destacou.

Confira a programação:

Primeiro dia (quinta-feira, 8 de agosto):

Credenciamento - 8h

Abertura – 8:30h

Palestra 1 (9h): A prevenção no ambiente escolar da automutilação, depressão e do suicídio -Palestrante: Carlos Henrique de Aragão Neto -Presidente: Marcio Florestan Berestinas -Debatedora: Tessaline Luciana Higuchi Viegas dos Santos

Intervalo Almoço – 12h

Palestra 2 (14h): Bullying, cyberbullying e suas diversas manifestações -Palestrante: Professora Aloma Ribeiro Felizardo (SP); -Presidente: Edmilson da Costa Pereira (MPMT) -Debatedora: Ludmilla Evelin de Faria Sant Ana Cardoso (MPMT)

-15h - Debates

Palestra 3 (16h): A Prevenção da Violência no Ambiente Escolar e Boas Práticas -Palestrante: Ana Carina Stelko Pereira – pesquisadora UFPR -Presidente: Patrícia Eleutério Campos Dower (MPMT) -Debatedor: Wellington Petrolini Molitor (MPMT)

-17h - Debates

Segundo dia (sexta-feira, 9 de agosto):

Palestra 4 (08h30): Mediação escolar: Implantação e experiências exitosas -Palestrante: Elizabeth Maria Almeida de Oliveira (MPCE) -Presidente: Miguel Slhessarenko Junior (MPMT) -Debatedora: Taiana Castrillon Dionello (MPMT)

-09h30 – Debates

Palestra 5 (10h): Intolerância e a Diversidade no Ambiente Escolar -Palestrantes: José Vicente Gonçalves de Souza e Rinaldo Ribeiro de Almeida Segundo (MPMT) -Presidente: Daniel Luiz dos Santos (MPMT) -Debatedora: Elisamara Sigles (MPMT)

-15h – Debates

Palestra 6 (14h): Família, Escola e Ministério Público (Estratégias de Prevenção e Atuação) -Palestrante: Paulo Roberto Jorge do Prado (MPMT) -Presidente: Luciana Fernandes de Freitas (MPMT) -Debatedor: Caio Márcio Loureiro (MPMT)

-15h - Debates

16h - Lançamento de carta compromisso das instituições e entidades.

Encerramento (18h).




fonte: MPMT/FOTO /CAPA: Júnior Silgueiro

0 visualização

Assim Mato Grosso

Notícias e opinião. Focado em políticas públicas, social, economia, infraestrutura, meio ambiente, turismo, esportes, cultura,  negócios e mais...

© 2019. Todos os direitos reservados.

  • Ícone do Facebook Branco
  • Ícone do Twitter Branco