• Assimmt

MPF adia reunião que seria realizada sobre Residenciais Carvalho em Barra do Garças (MT)

A reunião seria com representantes da Caixa Econômica Federal, da empresa Resecom, da comunidade, entre outros órgãos municipais. Adiamento faz parte das medidas preventivas contra a Covid-19 (coronavírus)


Foto por: Divulgaçãp

O Ministério Público Federal (MPF) informa o adiamento da reunião que seria realizada no dia 20 de março, próxima sexta-feira, no município de Barra do Garças (MT), com representantes da Caixa Econômica Federal, da empresa Resecom, do executivo e legislativo municipais, da Sema, da Ager, da empresa Águas de Barra do Garças e da comunidade de local. A decisão foi tomada devido a propagação do coronavírus pelo país e seguindo a Portaria PGR/MPU Nº 60, DE 12 DE MARÇO DE 2020.

De acordo com a portaria ficam suspensos eventos no âmbito do MPF, assim como a designação de servidores ou membros para participação em eventos em que haja aglomeração de pessoas, a exceção daqueles indispensáveis para a realização da atividade-fim.

A reunião seria realizada para discutir o andamento das obras dos empreendimentos habitacionais do Programa Minha Casa Minha Vida nos Residenciais Carvalho I, II, e III, em Barra do Garças (MT). O MPF tem buscado soluções que minimizem os prejuízos ao patrimônio público – tendo em vista a deteriorização do material já utilizado devido ao tempo de paralisação do empreendimento – e possibilitar a conclusão e entrega das casas que irão beneficiar 1.436 famílias no município.

Não há data prevista para a realização da reunião.



Fonte: MPF-MT

0 visualização

Assim Mato Grosso

Notícias e opinião. Focado em políticas públicas, social, economia, infraestrutura, meio ambiente, turismo, esportes, cultura,  negócios e mais...

© 2019. Todos os direitos reservados.

  • Ícone do Facebook Branco
  • Ícone do Twitter Branco